A Corrida das Sardinhas

Sardine Run, a Corrida das Sardinhas como chamamos no Brasil é simplesmente incrível e o sonho de muita gente. Muitas vezes você estará cercado por centenas de golfinhos, tubarões, aves mergulhadoras, baleias, peixes selvagens, focas e milhões de sardinhas. 
O frenesi alimentar de todos os predadores das sardinhas migratórias que passam pela costa sul e leste da África do Sul todos os anos no inverno será nossa aventura de 2023 e serão somente para 7 mergulhadores corajosos por grupo, máximo de dois grupos.
Por ser uma viagem beeeeeeem diferente, é importante que você leia com atenção todas as informações.

A nossa aventura iniciará no seco, no Hluhluwe Game Reserve, que é um Big5 Game Park na região de KwaZulu Natal, na África do Sul. A mais antiga reserva da África tem 96.000 hectares de savana esperando por você. Ela abriga 1.500 rinocerontes brancos e 360 ​​rinocerontes pretos, búfalos, elefantes, leões e leopardos, gnus azuis, zebras, girafas, nyala, kudu, bushbuck, javalis, chitas, hienas e 23.000 impalas e 300 espécies de pássaros.

Depois iremos para o fundo do mar e mergulharemos em Umkomaas, num recife arenoso chamado Aliwal Shoal, um dos 10 melhores pontos de mergulhos do mundo, segundo Jacques Cousteau. Faremos dois dias de mergulhos duplos, sendo um mergulho por dia com os tubarões-galha-preta-oceânicos, onde chegam a aparecer de 20 a 40 tubarões ao mesmo tempo e o outro mergulho em pontos diversos para tentar encontrar os tubarões-mangona (Ragged-tooth sharks) que estarão se agregando para o período reprodutivo.

De Umkomaas, partiremos para Port St. Johns, que será nossa base no restante da viagem e onde ocorrem as saídas da Corrida das Sardinhas. Todas as manhãs sairemos num bote inflável (tipo zodiac/panga) e você experimentará a navegação mais emocionante do mundo na busca das bolas de sardinhas. Ficaremos entre 7-8 horas no mar e entraremos na água quantas vezes forem possíveis durante o dia. Às vezes apenas de snorkel e outras vezes com equipamento de mergulho. Isso vai depender do quão rápidas as sardinhas estão se movendo e quão confortável os animais estão. Às vezes, as bolhas do mergulho afugentam os animais.
Seguiremos os golfinhos enquanto eles trabalham juntos para criar as bolas de isca e, em seguida, a ação começa, os golfinhos, pássaros, tubarões e baleias Brydes desfrutam de um grande banquete. O barulho das aves marinhas é incrível, pois eles cercam o barco, mergulhando para caçar as sardinhas. A ação é incrível, e muitas vezes você estará cercado por centenas de golfinhos, tubarões, pássaros mergulhadores, baleias e muito mais. Também teremos oportunidades de observar as baleias jubarte em sua migração anual.
E aí, topa embarcar nessa aventura??? Se ainda estiver em dúvida, assista ao vídeo da NatGeo abaixo.

INFORMAÇÕES

QUANDO: 
Grupo A – de 28/06/2023 a 08/07/2023 (11 Dias > 10 Noites) – Lotado – fila de espera
Grupo B – de 08 a 18/07/2023 (11 dias > 10 noites) – 1 vaga
ONDE: África do Sul
NÍVEL: Avançado + Nitrox ou superior
PRÉ-REQUISITOS: mínimo de 60 mergulhos em águas abertas, ter mergulhado ao menos uma vez em 2023 e preparo físico em dia para nadar e fazer apneia. Esta não é uma viagem para quem tem problemas de coluna, dificuldades de equalização ou pratica o sedentarismo.
EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS: Máscara, snorkel e computador de mergulho. O restante do equipamento scuba pode levar ou alugar lá.
CRONOGRAMA: Grupo A – os voos devem chegar por Durban (DUR) às 17h do dia 28/06 e o voo de retorno deve partir APÓS às 16h do dia 08/07. No caso do Grupo B, a data de chegada é 08/07 e retorno 18/07, nos mesmos horários informados.
REQUISITOS DE ENTRADA NO PAÍS: ver abaixo.

PROGRAMAÇÃO

Dia 1 – 17h – Transfer terrestre de Durban para Umkomaas (1h de viagem) – pernoite em Umkomaas.
Dia 2 – Saída por volta das 5h para o safári dos Big5 no Hluhluwe Reserve, retorno à noite – pernoite em Umkomaas.
Dia 3 – 7h lanche rápido com torradas e frutas, mergulho com tuba, mergulho em recife, brunch (café-da-manhã com cara de almoço), tarde livre, pernoite em Umkomaas.
Dia 4 – Igual ao dia anterior, mas à tarde vamos para Port St Johns e dormiremos lá até o final da viagem.
Dias 5 a 10 – 6 dias de mar na Corrida das Sardinhas: 7h café-da-manhã, retornamos 15h para o hotel, onde você pode optar por relaxar, baixar fotos e vídeos ou por fazer um passeio à tarde. Depois disso, jantar e dormir.
Dia 11 – 7h café-da-manhã, 8h sai o transfer terrestre para Durban com previsão de chegada às 14h. Por este motivo, os voos devem ser emitidos para depois das 16h.

PACOTE SARDINES RUN

  • 1 dia de safári diurno no Hluhluwe Game Reserve e transporte in/out de Umkomaas;
  • 2 mergulhos com nitrox com tubarões em Aliwal Shoal (Baited Shark Dive – SEM GAIOLA);
  • 2 mergulhos com nitrox em recifes ou naufrágios em Aliwhal Shoal;
  • 6 dias de lançamentos no mar na Corrida das Sardinhas (snorkel/mergulho);
  • Transporte in/out aeroporto de Durban nos horários combinados;
  • Transporte de Umkomaas/Port St John;
  • Taxas do parque marinho;
  • 3 noites de acomodação em Umkomaas com café-da-manhã e jantar;
  • 7 noites de acomodação em Port St John com café-da-manhã, almoço no barco, jantar;
  • Seguro de mergulho e seguro viagem com cobertura de Covid;
  • Caixinha da tripulação;
  • Acompanhamento de staff da Great Xplorers;
  • Brinde exclusivo Great Xplorers.

INVESTIMENTO e FORMAS DE PAGAMENTOS

  • QUARTOS DUPLOS: USD 3.789 (via PIX/boleto)

Formas de pagamento: os valores podem ser parcelados no PIX ou boleto até Junho/2023 antes do embarque utilizando a moeda estrangeira como referência, a qual será convertida para Reais no dia do depósito com base no câmbio turismo divulgado no banco Confidence.
* A vaga só será confirmada mediante assinatura do contrato da viagem.

  • QUARTOS DUPLOS: USD 4.084 (Cartão de Crédito e Pix – veja abaixo)

Forma de pagamento mista com Pix/Boleto e Cartão de Crédito conforme segue:
USD 2.500 podem ser parcelados no PIX ou boleto até Maio/2023 e o saldo de USD 1.585 poderá ser pago no cartão de crédito em até 12x até 30 dias antes do embarque. Para ambos os valores, utilizamos a moeda estrangeira como referência, a qual será convertida para Reais nos dias dos depósitos com base no câmbio turismo divulgado no banco Confidence. Esta opção é mais cara que a anterior, mas permite que você parcele a viagem num período maior e com valores menores para pagar por mês.

  • Suplemento para quartos individuais: USD 240 pelas 10 noites.

O PACOTE NÃO INCLUI

  • Passagens aéreas (sugestões abaixo);
  • Alimentação ou bebidas não descritas no pacote;
  • Aluguel de equipamentos – consulte-nos;
  • Personal divemaster ou fotógrafo exclusivo (caso deseje contratar este serviço, solicite);
  • Passeios guiados ou outras atrações que precisam de ingresso.
  • Teste PCR – Covid.

POLÍTICA DE CANCELAMENTO

  • Até 180 dias antes da viagem, será retido 10% do valor do pacote;
  • Até 90 antes da viagem, será retido 30% do valor do pacote;
  • Até 60 dias antes da viagem, será retido 50% do valor do pacote;
  • Menos de 60 dias, não haverá reembolso.
  • Se houver qualquer imprevisto por causa da pandemia, a viagem será remarcada para 2024 e não dá direito à cancelamento.

SUGESTÕES DE VOOS:

Ainda não estão disponíveis os voos para as datas da viagem, mas as principais cias que atendem os trechos GRU-DUR são a Emirates (via em Dubai) , Qatar (via Doha) e a média de valores fica em torno de R$ 6.500,00 a R$ 8.000,00 (consulta em Janeiro/2022).
A Qatar tem voo que chega às 17:15h em Durban e o de retorno às 18:45h.
A Emirates tem voo que chega às 16:35h em Durban e o de retorno às 18:40h.
A Turkish também seria um opção, mas os custos são mais elevados.
Possivelmente a Latam volte a operar na África do Sul ou que as companhias africanas voltem a operar no Brasil até lá. Vamos acompanhar os cenários e avisaremos o grupo.

DICAS ADICIONAIS PARA A SUA VIAGEM:

Você pode combinar Sardines Run com um destinos que possuem conexões ao sair do Brasil, como Dubai e Doha ou até com outros lugares da própria África como: Johannesburgo/Cape Town (África do Sul), Uganda e Ruanda (gorilas-de-montanha), Moçambique (tubarões-baleia e raias-manta), entre outros.
A África do Sul tem um sistema de tomadas próprio que quase nenhum adaptador dá certo. Você pode comprar um no aeroporto ao chegar – custa o equivalente a R$ 10,00.
Não será permitido o mergulho de pessoas com ressaca alcoólica.

Neste vídeo você conhecerá um pouco sobre a operação em Aliwal Shoal.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A VIAGEM:

Estamos sujeitos às condições climáticas para executar os mergulhos e a região que vamos, o mar não é dos mais amigáveis. Se o mergulho for cancelado devido às condições do tempo ou do mar, organizaremos excursões locais para que você possa desfrutar de alguns dos destaques da região. A área é bastante remota, mas também oferece ótimas caminhadas, mirantes, passeios pela praia e até pesca no rio. O Sardine Run é operado como uma expedição e como nossos custos não mudam, se não pudermos ir para o mar, não podemos oferecer reembolso. Se possível, organizaremos outras atividades.
Contamos com apoio aéreo para procurar os cardumes de sardinhas, bem como, todos os operadores dos outros barcos trabalham em conjunto para informar onde as ações estão acontecendo. As chances de sucesso nos avistamentos são grandes, porém tem dias que as bolas de sardinhas não aparecem e, nestes dias mergulharemos num recife secreto onde se escondem os tubarões-mangona.
Sugerimos roupa de neoprene long john de 7 mm. Se você sentir muito frio, pode alugar um short john de 5mm para colocar por cima da outra roupa. Não são recomendadas roupas secas em função do arrasto. Em junho/julho, a temperatura durante o dia pode variar de 10° C a 25° C, a temperatura noturna de 6 ° C a 12 ° C e a temperatura da água de 18° C a 21° C.
As noites e as manhãs são frias, então você vai precisar de calças, blusão de lã, gorro e jaquetas. Durante o dia o tempo pode estar quente, então você vai precisar de shorts, camisetas e um corta-vento. Sapatos ou tênis, sandálias ou crocs, toalhas, protetor solar, repelente e óculos de sol são recomendados. Você também precisará de itens de higiene pessoal: shampoo, condicionador, sabonete, desodorante, pasta de dente, etc.
Leve também os medicamentos de rotina e sugerimos levar remédio de enjoo. O balanço do bote parado pode fazer você marear.
A moeda oficial é o Rand da África do Sul (ZAR) e, apesar de estarmos com quase tudo pago, sugerimos trocar uma pequena quantia de dólar para pagar algum comércio, gorjeta, etc. É fácil trocar dinheiro no aeroporto nas casas de câmbio ou sacar em caixas eletrônicos (ATM). As bebidas e refeições do hotel e aluguel de equipamentos podemos pagar com dólar, euro ou libras esterlinas.

REQUISITOS DE ENTRADA

Os requisitos básicos para entrar na África do Sul são os seguintes;

  1. Passaporte com validade mínima de 6 mês da data de retorno prevista.
  2. Visto de turista, o qual deverá ser solicitado num formulário online e tem validade de 90 dias.
  3. Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela e contra o COVID-19 (duas doses)
  4. Todos os viajantes que desembarquem na África do Sul devem apresentar um teste PCR que não exceda 48 horas a partir do momento do embarque do país de origem.
  5. Além disso, os viajantes internacionais devem possuir um seguro de viagem obrigatório que deve cobrir os custos de teste e quarentena do COVID.
  6. Todos os viajantes serão submetidos à triagem COVID-19 na chegada. Aqueles que apresentarem sintomas COVID-19, que incluem temperatura corporal elevada e sintomas semelhantes aos da gripe, deverão fazer um teste COVID-19, que deve ser coberto pelo seguro de viagem. Caso o resultado do teste seja positivo, o viajante ficará sujeito à quarentena obrigatória, que também será paga pelo viajante ou pelo seguro de viagem.  

COVID-19

Embora a África do Sul tem tem descoberto novas variantes de Covid, com o avanço das vacinações em todos os países, acreditamos que até meados de 2023 a pandemia esteja mais controlada. Tanto a Great Xplorers quanto os integrantes da viagem poderão acompanhar as notícias que possam impactar a viagem e se entendermos que é mais seguro adiar a viagem para 2024, assim o faremos.
Só viaje se estiver bem de saúde, sem sintomas de congestão nasal, febre, dor no corpo, dor de garganta ou qualquer outra queixa.
Devem ser cumpridas as medidas sanitárias para combate ao Covid-19 solicitadas e / ou exigidas pelas autoridades locais, hotéis, barcos, e outros meios de transporte. A GREAT XPLORERS não se responsabiliza por perdas incorridas devido ao não cumprimento dessas medidas.
Caso tenha contraído Covid-19 e apresente sintomas no período da viagem ou após o seu retorno, a GREAT XPLORERS não é responsável pelas despesas médicas que possam ocorrer, despesas de quarentena, exames e medicamentos.
O cliente que já tenha tido Covid-19 assintomático e casos leves, deve respeitar um intervalo de 30 dias após a cura clínica, saída da quarentena, para poder mergulhar. As regras de cancelamento de viagem permanecem válidas.
Caso tenha sido internado ou teve comprometimento pulmonar, é necessário um atestado médico autorizando o mergulho autônomo.

INFORMAÇÕES

Envie um email: trips@greatxplorers.com

%d blogueiros gostam disto: